Playlist Dia 08
19 Oct 2014 | Rock

O Festival

Um Novo Ano, Um Novo Conceito

O maior festival de Artes Integradas do Ceará, o Ponto.CE, amadurece em sua oitava edição trazendo a música, a dança e o audiovisual para sua programação com os objetivos de diluir fronteiras, de aproximar e conectar o público ao evento. Protagonistas que conversam, incentivadores, pensadores, produtores, aprendizes, técnicos e linguagens artísticas; ilhas que crescem dentro da rede do mercado cultural ocupando espaços geográficos, sociais e imaginários, dessa sociedade contemporânea.

O Festival

Ao longo de sete edições, o Ponto.CE se consoligou no calendário nacional de festivais independentes com o objetivo de promover a interação de artistas cearenses com nomes de outros estados e países. Esta meta foi plenamente alcançada nas realizações anteriores do evento, o que foi confirmado através de fatos como:
– A associação do festival à Abrafin.
– Crescimento constante do público em suas edições.
– As aprovações consecutivas em editais federais.
– O reconhecimento das secretarias de cultura do estado e do município.
– As parcerias firmadas com os principais centros culturais da cidade.
– A adesão crescente de novas empresas ao evento.
– A parceria firmada com a Bienal Internacional de Dança do Ceará.

Os pontos acima mencionados comprovam os crescimento e a relevância do projeto no cenário cultural do estado. Em sete anos de festival, ocorreram apresentações de mais de 800 músicos – de 14 estados do Brasil e de outros países -, de 11 companhias infanto-juvenil de dança, 31 dançarinos – entre locais e outros oriundos de São Paulo e de Minas Gerais-, e a exibição de 101 curtas e documentários.

Já passaram pelo Ponto.CE:

– Bad Religion (EUA)
– Marky Ramone (EUA)
– The Exploited (UK)
– Ludov (SP)
– Nação Zumbi (PE)
– Montage (CE)
– Mombojó (PE)
– Mundo Livre S/A
– Vanguart (MT)
– Cachorro Grande (RS)
– Edisca (CE)
– Cia. Dita (CE)
– J.Gar.CIA Dança Contemporânea (SP)
– Thelma Bonavita (SP)
– Alumbramento (CE)
– Mr. Niterói (RJ)
– Leonardo Amaral (MG)
– Dellani Lima (MG)
– Dentre muitos outros entre música, dança e audiovisual.